Sobre

Oi, meu nome é Silvia e eu sou uma maníaca por controle em recuperação. Do tipo que reclama do tempo, reclama dos outros, reclama da vida, sabe como? Talvez tu conheça alguém assim.

Vivi um monte de anos acreditando nisso, até que um dia eu tive um filho, pequeno e cabeludo, mas com um coração que não funcionava muito bem. E num mundo onde a gente passa a vida ouvindo que o que importa é que os filhos venham com saúde, eu fiquei sem rumo, sem saber afinal e agora, o que é importante?

Na UTI não tinha controle, não tinha o que fazer, não tinha nem o que entender. Eu só podia crescer pra dentro, desafiar meus limites, minhas manias, meu jeito de ver a vida. Eu só podia aprender com aquela criaturinha vivendo um dia de cada vez e passando por tudo com força e delicadeza. Eu só podia transformar o que eu sentia de pior em poesia.

Esse manifesto é um convite. Um convite pro inesperado e pro improvisado. Que eles entrem, sentem e sejam bem-vindos. Que tomem as rédeas que sempre foram suas. Que me ensinem a me deixar levar. E que me levem.

Vem comigo?